Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

BCE: zona do euro vai crescer menos do que previsto

Segundo banco, crescimento econômico do bloco deve permanecer fraco e "altas incertezas" estão pesando sobre a confiança

Por Da Redação 13 set 2012, 12h06

O Banco Central Europeu (BCE) publicou comunicado nesta quinta-feira afirmando que a economia da zona do euro vai contrair mais do que o esperado neste ano. Segundo o documento, o crescimento econômico do bloco deve permanecer fraco e “incertezas” estão pesando sobre a confiança, informou o Banco Central Europeu (BCE), em seu boletim mensal, Segundo o BCE, as expectativas de inflação permanecem firmes.

Leia mais:

Documento da UE diz que BCE poderá fechar bancos

Desemprego bate recorde na zona do euro em julho

Vendas no varejo da zona do euro recuam 0,2% em julho

Grécia deve ficar na zona do euro, diz Angela Merkel

O banco central manteve sua principal taxa de juros em uma mínima recorde de 0,75% na semana passada, mas disse que a economia da zona do euro vai provavelmente contrair mais do que o esperado anteriormente neste ano. “O crescimento econômico na zona do euro deve permanecer fraco, com as contínuas tensões nos mercados financeiros e altas incertezas”, disse o comunicado. “Olhando além do curto prazo, esperamos que a economia da zona do euro se recupere apenas gradualmente”, disse o BCE.

Na semana passada, o BCE manteve sua principal taxa de juros na mínima recorde de 0,75%, guardando munição depois que uma aceleração da inflação no mês passado compensou a pressão para dar vida à fraca economia da zona do euro por meio da diminuição dos custos de empréstimo.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade