Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bancos espanhóis precisam de € 40 bilhões, diz FMI

Os bancos espanhóis precisam de ao menos 40 bilhões de euros (cerca de 50 bilhões de dólares) em recapitalização para enfrentar a nova deterioração da economia, afirmou nesta sexta-feira um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI).

A cifra veio de testes de resistência que o FMI aplicou em bancos espanhóis, mas um funcionário do fundo assegurou que as instituições financeiras precisarão de ainda mais dinheiro para garantir uma “proteção confiável” para fazer frente a um panorama econômico pior.

“Do nosso ponto de vista, os testes de resistência são um bom indicador, mas basicamente representam um mínimo do que se necessita”, afirmou o funcionário.

Para convencer os mercados da força dos bancos, seriam necessários reunir fundos 1,5 ou duas vezes superiores às cifras que registraram nos testes de resistência, afirmou a mesma fonte.

Na sexta-feira, as pressões cresciam para que a Espanha pedisse ajuda à Europa para recapitalizar seus bancos, o que poderá ocorrer antes do previsto, talvez neste fim de semana.

Apesar de o governo espanhol, relutante a um plano de ajuda global para sua economia, ter assegurado que “não há decisões tomadas” sobre um eventual pedido de ajuda para os bancos, não se exclui a possibilidade de que neste sábado ocorra em Bruxelas uma reunião de autoridades da zona do euro para tratar do assunto.