Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após liquidação, Banco Votorantim ficará com contas do Neon

Parceria entre as instituições ocorre após a liquidação extrajudicial do Banco Neon pelo BC na semana passada

O Banco Votorantim vai administrar as contas da Neon Pagamentos. A parceria estratégica foi anunciada nesta segunda-feira, 7. O Banco Neon, que era responsável por esses serviços, teve a liquidação extrajudicial decretada na sexta-feira, 4, pelo Banco Central (BC), por ‘comprometimento da situação econômico-financeira’ da instituição.

De acordo com nota oficial divulgada pelas empresas, o Banco Votorantim vai trabalhar em conjunto com a fintech Neon para o restabelecimento integral de todas as suas atividades o mais rápido possível.

“Estamos confiantes que a parceria com a Neon, uma das fintechs mais inovadoras na reinvenção da experiência em serviços financeiros, é mais um importante passo em nossa estratégia de diversificação de negócios e transformação digital”, disse Gabriel Ferreira, diretor do Banco Votorantim.

Pedro Conrade, fundador e CEO da Neon Pagamentos, também mostrou entusiasmo com o negócio. “Não poderíamos ter encontrado melhor parceiro, já que o Banco Votorantim é uma instituição sólida, ágil e em plena transformação digital”, diz o executivo.

“É o início de uma parceria de longo prazo em que, após o pleno restabelecimento das nossas atividades, vamos explorar, juntos, sinergias em novos produtos e serviços. A Neon segue de forma independente, contando com o suporte do Banco Votorantim para simplificar a vida de nossos clientes com a inovação e o pioneirismo de sempre”, afirma Conrade

Em 2016, a fintech fechou um acordo operacional com o antigo Pottencial, que passou a se chamar Banco Neon para tentar evitar confusão por parte dos clientes. Cabia ao banco fazer a custódia dos recursos dos cerca de 600 mil clientes da Neon Pagamentos. Com a intervenção do BC, as transferências e pagamentos de contas ficaram suspensas até que a fintech fechasse outra parceria com instituição autorizada a fazer essas transações, o que aconteceu nesta segunda-feira com o Votorantim.