Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atividade econômica sobe 0,9% em 2012, diz Serasa

Foi o menor desempenho dos últimos três anos, marcado por um cenário internacional desfavorável, de acordo com a instituição

O Indicador de Atividade Econômica divulgado nesta sexta-feira pela Serasa Experian subiu 0,3% em dezembro ante novembro de 2012, descontadas as influências sazonais. No acumulado de 2012, o crescimento foi de 0,9%, o menor desempenho dos últimos três anos, de acordo com a instituição. Em 2010 e 2011, o indicador acumulou altas de 7,4% e 2,6%, respectivamente.

Os economistas da Serasa Experian apontam que 2012 foi marcado por um cenário internacional desfavorável, principalmente no primeiro semestre, pela inadimplência em alta e pela baixa propensão à realização de investimentos produtivos. “Neste ambiente, as medidas tomadas pelo governo visando dinamizar a atividade econômica (desonerações fiscais, reduções de juros, etc.) apresentaram baixo poder de impacto, frustrando as expectativas de um crescimento mais vigoroso no ano passado”, avaliaram, em nota distribuída à imprensa.

Leia também:

Analistas esperam alta da Selic a partir de abril

Prévia da inflação desacelera em fevereiro para 0,68%

Contas externas têm pior resultado desde 1947 em janeiro

A empresa destacou que o setor de serviços foi o único que registrou expansão (de 1,6%) do ponto de vista da oferta agregada no ano passado. Os setores da indústria e da agropecuária registraram quedas, respectivamente, de 0,7% e 1,0% em 2012.

Já pelo lado da demanda agregada os investimentos recuaram 3,6% no ano passado. Os gastos de consumo das famílias e do governo, por sua vez, registraram altas de 3,1% e 3,6%, respectivamente, e “conseguiram evitar um desempenho que poderia ter sido bem mais fraco da atividade econômica”. As exportações registraram variação zero e as importações, de 0,3%.

(com Estadão Conteúdo)