Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Arrecadação soma 178,742 bilhões em outubro, alta de 4,92%

O resultado para o mês é o maior desde 2016, quando a arrecadação somou 188,425 bilhões

Por Luana Meneghetti Atualizado em 29 nov 2021, 19h02 - Publicado em 24 nov 2021, 11h26

A Receita Federal arrecadou em outubro o valor de 178,742 bilhões de reais em impostos, contribuições e demais receitas federais, alta de 4,92% em relação ao mesmo período do ano passado, sendo a maior em cinco anos.

O resultado para o mês é o maior desde 2016, quando a arrecadação somou 188,425 bilhões de reais, valor corrigido pela inflação. No acumulado do ano até outubro, a arrecadação soma 1,5 trilhão de reais, alta de 20,06% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando a arrecadação foi de 1,326 trilhão de reais, sendo essa a maior arrecadação desde 1995, início da série histórica.

Em três anos (2017, 2018 e 2019), a arrecadação ficou abaixo de 160 bilhões de reais, retomando uma melhora em 2020, quando alcançou 170,367 bilhões de reais. A alta é explicada pela Receita pela melhora na retomada das atividades econômicas e também pelo aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que também já reflete na arrecadação do mês. O aumento do IOF passou a ter validade em 20 de setembro. Até outubro, o imposto arrecadou 4,85 bilhões de reais.

Publicidade