Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após quedas na semana, Bovespa aponta dia de trégua

Por Olívia Bulla

São Paulo – A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu em alta, na esteira da recuperação ensaiada pelas bolsas europeias pela manhã. Mas o feriado nos EUA tende a reduzir a liquidez dos negócios locais. Às 11h50, o Ibovespa operava perto da estabilidade, em leve queda de 0,05%, aos 54.942 pontos.

“Hoje temos uma trégua”, avalia o estrategista-chefe da SLW Corretora, Pedro Galdi, referindo-se aos últimos solavancos vividos nos mercados financeiros globais. “Mas a Bolsa não deve subir muito e deve ter pouco volume, pois a matriz está fechada”, acrescenta, referindo-se ao feriado nos EUA pelo Dia de Ação de Graças, que deve deixar os negócios “meio parados”.

Desse modo, a Bolsa pode apresentar dificuldades em atenuar a queda de 6,13% registradas entre a quinta-feira passada e ontem. Ao mesmo tempo, surgem boas oportunidades de compra, que podem ser alavancadas pela alta do dólar ante o real – que inibe movimentos mais pronunciados de queda na renda variável e tornam a Bolsa ainda mais barata em moeda estrangeira.

Além disso, mesmo com a melhora exibida pelos mercados acionárias europeus hoje, o noticiário por lá segue ruim. A Fitch rebaixou os ratings de longo prazo em moeda local e estrangeira de Portugal, de BBB- para BB+, abaixo do nível de grau de investimento. A perspectiva é negativa. O país da Península Ibérica vive hoje uma greve nacional, contra as medidas de austeridade fiscal impostas pelo governo.