Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Anúncio de referendo grego consterna Sarkozy, diz jornal

Por Da Redação 1 nov 2011, 07h19

Por Clarissa Mangueira

Paris – O presidente da França, Nicolas Sarkozy, estava consternado com a notícia de que o primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, pediu um referendo sobre o pacote de ajuda financeira ao país, de acordo com informações do jornal Le Monde. “A decisão da Grécia é irracional e, do ponto de vista deles, é perigosa”, teria afirmado uma fonte próxima de Sarkozy, de acordo com o jornal.

O primeiro-ministro da Grécia defendeu ontem a realização de um referendo sobre o novo acordo de ajuda financeira para seu país e pediu a realização de um voto de confiança em seu governo, em uma tentativa de angariar apoio interno ao resgate. Se aprovado em referendo, o acordo então vai para o Parlamento, onde será convertido em lei. As declarações de Papandreou vêm à tona apenas alguns dias depois de líderes europeus reunidos em Bruxelas terem anunciado uma série de decisões para fazer frente à crise da dívida da zona do euro. Com informações da Dow Jones.

Publicidade