Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ANTT publica preços mínimos do frete com desconto do diesel

Medida atende pleito de caminhoneiros, que há 10 dias iniciaram uma paralisação em todo o país

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou nesta quarta-feira, 30, a tabela com os preços mínimos de frete por quilômetro rodado por eixo carregado, conforme previsto na Medida Provisória 832. A decisão atende a pleito de caminhoneiros, que há 10 dias iniciaram uma paralisação em todo o país. Os valores da tabela são de caráter obrigatório para o transporte rodoviário e valem até 20 de janeiro de 2019, quando deverão ser atualizadas.

As tabelas foram elaboradas para cinco diferentes tipos de carga: geral, a granel, frigorificada, perigosa e neogranel. A metodologia para estabelecer os preços mínimos levou em conta os principais custos fixos e variáveis envolvidos no transporte. Segundo a ANTT, a conta já foi feita considerando o desconto de 0,46 centavos decidido no acordo firmado entre caminhoneiros e o governo no último domingo.

A tabela prevê valores por quilômetro e um custo adicional por eixo. Com essa metodologia, uma viagem com carga geral de até 100 quilômetros custa 297,75 reais. Os valores sobem à medida em que cresce a distância e o tipo de carga. A viagem mais cara prevista pela ANTT é de carga perigosa de 3.000 quilômetros, que soma 13.412,61 reais.

Pela tabela da ANTT, uma viagem para o transporte de soja de Rondonópolis (MT) ao Porto de Santos (SP) custaria 6.902,79 reais em um veículo de sete eixos. Para uma carga refrigerada de Rio Verde (GO) para Fortaleza (CE), o valor do frete somaria 10.039,47 reais considerando um veículo de seis eixos.