Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Anglo American tem primeiro prejuízo anual em uma década

Resultado se deve à forte queda nos preços das commodities e a um encargo de 4,6 bilhões de dólares com a redução do valor do projeto Minas Rio, no Brasil

A mineradora Anglo American teve em 2012 o primeiro prejuízo líquido em mais de uma década, como consequência de uma forte queda nos preços das commodities e de um encargo de 4,6 bilhões de dólares com a redução do valor do projeto Minas Rio, no Brasil, e de ativos de platina. O prejuízo em todo o ano passado somou 1,49 bilhão de dólares, em comparação com o lucro líquido de 6,17 bilhões de dólares registrado em 2011.

No entanto, excluindo itens extraordinários a Anglo American teve lucro operacional de 6,16 bilhões de dólares, uma queda de 44% em relação aos ganhos de 2011. Esse resultado ficou em linha com as expectativas dos analistas de 6,10 bilhões de dólares.

A companhia elevou seu dividendo anual em 15%, para 0,53 centavos de dólar por ação, citando a confiança em seus negócios principais. A receita da mineradora diminuiu 5,9% em 2012, para 28,8 bilhões de dólares.

A executiva-chefe da Anglo American, Cynthia Carroll, anunciou no fim do ano passado que renunciaria ao cargo, depois de sofrer pressão dos acionistas por causa do projeto Minas Rio. Carroll será substituída pelo atual executivo-chefe da AngloGold Ashanti, Mark Cutifani, em abril.

Leia também:

Justiça libera obra da Anglo American em Minas Gerais

(Com Estadão Conteúdo)