Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Anac muda (de novo) edital de leilão de aeroportos

As alterações corrigiram as imprecisões no contrato de concessão referente a Galeão e Confins

Por Da Redação - 16 out 2013, 15h56

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira que fez novas alterações no edital do leilão dos Aeroportos Internacionais Antônio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, e Tancredo Neves (Confins), em Minas Gerais. De acordo com o documento, foi dada uma nova redação a um item do Anexo 19 do edital, que se refere ao Modelo de Carta Subscrita por Operador Aeroportuário. A mudança, segundo a Anac, torna o item “compatível com o conceito de operador aeroportuário constante do edital”.

Além disso, a Agência também corrigiu “imprecisões” nos Anexos 2 do Contrato de Concessão do leilão, que trata do Plano de Exploração Aeroportuária (PEA). Na terça-feira, a Anac já havia publicado alterações em trechos referentes à apresentação de propostas durante a sessão pública do leilão. O texto final do edital e do contrato do leilão está disponível no site da Anac.

Leia também:

Anac aprova normas para leilão do Galeão e de Confins

Publicidade

Anac aprova edital para Galeão e Confins; lances mínimos somam R$ 5,9 bilhões

Governo aceita reduzir exigências de operadores para Galeão e Confins

(com Estadão Conteúdo)

Publicidade