Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Anac aumenta fiscalização da uruguaia Pluna

Intensificação do monitoramento da empresa deve-se à paralisação de suas operações, que teve início nesta terça-feira e vai até 6 de julho

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou nesta quarta-feira que intensificou o monitoramento da companhia aérea uruguaia Pluna. A ideia é conferir se a empresa tem prestado assistência integral aos passageiros brasileiros afetados pela paralisação de suas operações, que teve início nesta terça e que se estenderá até 6 de julho, ao meio-dia.

Além do aumento da fiscalização, os postos de serviço nos aeroportos de Guarulhos (SP), Galeão (RJ) e Brasília estarão mobilizados “para fiscalizar a prestação da assistência aos passageiros”, diz o documento enviado pela agência reguladora ao mercado.

O órgão orienta os passageiros que, eventualmente, se sentirem prejudicados pela operação a recorrer à sua central de atendimento telefônico gratuito 24horas através do número 0800 725 4445.

A Anac também declarou ter antecipado a fiscalização programada para a segunda semana de julho no Aeroporto de Guarulhos, em atenção especial aos efeitos da paralisação. A medida terá como principal objetivo monitorar a prestação de assistência prevista da resolução n° 141, que dispõe sobre os direitos e os deveres dos passageiros.