Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Alckmin: ‘se for confirmado cartel, estado é vítima’

Governador de São Paulo disse achar "estranho" o estado ainda não ter tido acesso ao conteúdo das investigações do Cade sobre formação de cartel em licitação de obras do metrô

Por Da Redação 5 ago 2013, 16h03

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que o estado pode ter sido vítima de um esquema de formação de cartel em licitações de obras do metrô, denunciado na semana passada pela empresa alemã Siemens. “Se for confirmado algum cartel, o estado é vítima e entrará imediatamente com ação de indenização e ressarcimento de possíveis prejuízos”, afirmou.

Alckmin também lembrou que o governo pediu à Justiça o acesso ao conteúdo das investigações realizadas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) – órgão ligado ao Ministério da Justiça -, e acredita que deve receber as informações em breve. “Temos confiança de que a Justiça dará acesso ao conjunto da investigação para que (o governo paulista) possa atuar no sentido de punir as empresas caso se confirme o cartel”, disse.

Leia também:

Governo de São Paulo nega ter dado aval a cartel

Ele completou dizendo que acha “estranho” os dados da averiguação terem chegado à imprensa antes de o governo tomar conhecimento da denúncia. “O estado é parceiro do governo federal e o maior interessado na investigação. Não haveria nenhuma razão para São Paulo não ter acesso às informações da investigação. O Cade diz que pode ter sigilo. Um sigilo estranho. As informações todas estão na imprensa”, constatou.

Questionado sobre a denúncia de que agentes públicos participaram da formação do cartel, Alckmin foi categórico: “Não tenho informação a esse respeito, e se tiver, o agente público será rigorosamente responsabilizado”, disse.

Leia também:

MP negocia delação premiada em investigação sobre cartel

(Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade