Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ações do Facebook despencam após resultados abaixo do esperado

Papéis da empresa tiveram queda de 20% nas negociações após o pregão por preocupações sobre aumento de despesas com privacidade

As ações do Facebook tiveram queda de mais de 20% nas negociações after hours desta quarta-feira, realizadas após o fechamento do pregão nos Estados Unidos. A queda mostra a reação do mercado aos últimos números da rede social, que registrou crescimento de receita abaixo do esperado e desaceleração na taxa de novos usuários.

O Facebook afirmou em balanço que as despesas vão crescer mais rápido que o faturamento no próximo ano. A companhia alertou os investidores para esperarem um grande crescimento nos custos por causa de esforços para resolver preocupações em torno de questões de privacidade dos usuários e para melhor monitoramento sobre o que é publicado na rede. As despesas totais no segundo trimestre subiram para 7,4 bilhões de dólares, um crescimento de 50% sobre um ano antes.

Os “esforços” vêm na esteira do escândalo da Cambridge Analytica, que colocou em xeque a credibilidade da empresa. “Estamos comprometidos a investir para manter as pessoas seguras e para continuar desenvolvendo novos caminhos significativos que ajudem as pessoas a se conectar”, disse o CEO Mark Zuckerberg em nota.

O crescimento de novos usuários ativos do Facebook desacelerou para 11% no segundo trimestre ante 13% no primeiro.

A receita do Facebook cresceu no ritmo mais lento em quase três anos, avançando 14% sobre um ano antes, para 13,2 bilhões de dólares no segundo trimestre. A companhia alcançou lucro de 5,1 bilhões de dólares no período – um avanço de 31% que não foi capaz de acalmar o mercado.

(Com EFE e Reuters)