Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ações do BTG caem mais de 33% com prisão de André Esteves

Banqueiro é acusado de obstrução da Justiça nas investigações do esquema de corrupção apurado pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal

A prisão de André Esteves, presidente do BTG Pactual, acusado de obstrução da Justiça nas investigações da Operação Lava Jato, fez com que as units do banco despencassem nesta quarta-feira. Units são certificados de depósitos de ações, normalmente formados por mais de uma categoria de papel. A combinação mais comum é a de um pacote formado por ações ordinárias e preferenciais.

Às 14h45, as units do banco caíam 33,64%, sendo cotadas a 20,50 reais. Já o Ibovespa, o principal índice da Bovespa, estava em queda de 1,97% a 47.332 pontos.

No mesmo horário, o dólar era negociado por 3,76 reais, uma valorização de 1,75% em relação ao preço de fechamento de terça-feira. Na máxima da sessão nesta manhã, o dólar chegou a atingir 3,78 reais depois de avançar mais de 2%.

Em comunicado, o BTG afirmou que está à disposição das autoridades para prestar esclarecimentos e que vai colaborar com as investigações.

Leia também:

Prisões da Lava Jato puxam alta do dólar nesta quarta

“Tem vindo bastante peixe”, diz Moro sobre prisões preventivas

(Da redação)