Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ação do Facebook começará valendo entre US$ 28 e US$ 35 na bolsa

Nova York, 3 mai (EFE).- O Facebook, maior rede social do mundo, fixou nesta quinta-feira o preço de saída na bolsa de valores em uma faixa situada entre US$ 28 e US$ 35 por cada uma de suas ações comuns, com o que poderia chegar a arrecadar até US$ 11,8 bilhões com sua tão esperada estreia em Wall Street.

Segundo os documentos apresentados nesta quinta-feira na Comissão da Bolsa de Valores dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês), a rede social levará à bolsa 180 milhões de ações comuns de classe A e os atuais acionistas da empresa venderão outras 157,4 milhões.

A empresa deixa aberta a possibilidade de levar ao mercado 50,6 milhões de ações de classe A adicionais para suprir o possível ‘excesso de demanda’, com o que a arrecadação desta oferta pública de ações poderia inclusive chegar a US$ 13,58 bilhões.

Com base nesses números, o Facebook chegará a Wall Street avaliado entre US$ 77 bilhões e US$ 96 bilhões e se transformará na maior estreia na bolsa de uma empresa americana da internet desde a Google, que em 2004 arrecadou US$ 1,9 bilhão, com uma avaliação de US$ 23 bilhões.

A rede social levará à bolsa dois tipos de ações comuns: as de classe A, que representarão o direito a um voto nas decisões da companhia, e outras de classe B, com direito a dez votos e que serão conversíveis em qualquer momento a classe A.

O fundador e executivo-chefe da empresa, Mark Zuckerberg, controlará 57,3% do poder de voto da companhia assim que ela começar a cotar na bolsa eletrônica Nasdaq sob o símbolo ‘FB’, o que previsivelmente ocorrerá no próximo dia 18.

Nesses documentos ao regulador da bolsa americana, a empresa informou que já conta com 901 milhões de usuários ativos a cada dia no mundo todo – diariamente, os usuários fazem o upload de cerca de 300 milhões de fotografias. EFE