Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

A lei que levou a revolta de funcionários da Disney na Flórida

Após não tomar posição sobre o projeto que proíbe as escolas a discutir questões de gênero, companhia se reunirá com trabalhadores para conter insatisfação

Por Larissa Quintino Atualizado em 20 mar 2022, 16h43 - Publicado em 20 mar 2022, 16h38

A Walt Disney Company, tentando reprimir um alvoroço interno sobre sua relutância em se opor publicamente a um projeto de lei da Flórida que proíbe as escolas de discutir questões de gênero com crianças pequenas, sediará uma reunião na prefeitura na próxima segunda-feira, 21, para discutir o assunto com os funcionários.

A reunião faz parte de uma política da empresa, chamada “Reimagine Tomorrow” (imagine novamente o amanhã), projetado para promover a diversidade e a inclusão na maior empresa de entretenimento do mundo. Reuniões anteriores cobriram representação negra, violência contra a comunidade asiático-americana e antissemitismo. A discussão analisará como o projeto de lei, que deve ser assinado pelo governador da Flórida, Ron DeSantis, pode afetar as famílias dos funcionários. Tanto que a Disney planeja transferir cerca de 2.000 trabalhadores da Califórnia para um novo campus no estado.

O CEO Bob Chapek inicialmente sustentou que a Disney não assumiria uma posição pública sobre o projeto – dizendo que as posições públicas sobre questões controversas geralmente são “armamentadas”. A visão mudou, entretanto, após um descontentamento generalizado dos trabalhadores, o que motivou um pedido de desculpas por parte de Chapek.

Alguns funcionários da Disney já realizaram uma semana de protestos internos, com planos para culminar em uma paralisação de um dia inteiro em 22 de março.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)