Clique e assine a partir de 9,90/mês

‘A Era do Gelo 4’ domina bilheteria americana

Por Da Redação - 16 jul 2012, 15h58

Los Angeles, 16 jul (EFE).- O quarto episódio da popular saga de animação ‘A Era do Gelo 4’ dominou a bilheteria americana neste fim de semana, com uma arrecadação de US$ 46 milhões, informou nesta segunda-feira o site sobre cinema ‘Box Office Mojo’.

A continuação teve uma estreia melhor que a terceira parte (US$ 41,7 milhões, em 2009), embora tenha ficado abaixo das cifras da estreia do segundo episódio (US$ 68 milhões, em 2006).

A primeira animação estreou nas salas em 2002 com US$ 46,3 milhões. Até agora, o quarto filme arrecadou cerca de US$ 400 milhões no mundo todo.

Na versão original, ‘A Era do Gelo 4’ tem as vozes de Ray Romano, Queen Latifah, Denis Leary, John Leguízamo, Seann William Scott, Peter Dinklage, Jennifer Lopez, Heather Morris e Nicki Minaj, entre outros.

O segundo lugar foi para ‘O Espetacular Homem-Aranha’, com US$ 35 milhões em sua segunda semana em cartaz. A fita protagonizada por Andrew Garfield e Emma Stone embolsou até agora cerca de US$ 520 milhões na bilheteria mundial.

Continua após a publicidade

No filme, um jovem Peter Parker (Andrew Garfield) descobre os motivos pelos quais foi abandonado por seus pais quando criança, ao mesmo tempo em que sua vida tem uma reviravolta com seus novos poderes aracnídeos.

A comédia ‘Ted’ ocupa o terceiro lugar com arrecadação de US$ 22,2 milhões em seu terceiro fim de semana de exibição para um público total de 160 milhões de pessoas nos EUA.

O primeiro filme com direção de Seth MacFarlane, criador da série ‘Uma Família da Pesada’, se confirma como um dos grandes sucessos do verão americano.

Na quarta posição ficou a animação ‘Valente’, da Disney/Pixar, com US$ 10,7 milhões, elevando sua bilheteria nos Estados Unidos a cerca de US$ 200 milhões, US$ 15 milhões a mais do que seu orçamento, de US$ 185 milhões.

A lista das cinco filmes mais vistos do fim de semana é completada por ‘Magic Mike’ (ainda sem título em português), com US$ 9 milhões.

Desde sua estreia, a obra de Steven Soderbergh arrecadou no país mais de US$ 90 milhões superando em muito seu orçamento, de US$ 7 milhões. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade