Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

A cúpula de Bruxelas cria uma União Europeia dividida

Por Dominique Faget 9 dez 2011, 08h49

O acordo concluído na madrugada desta sexta-feira em Bruxelas criou uma União Europeia (UE) dividida em dois grupos, o de 23 países que adotaram o plano de estabilidade orçamentária e o dos quatro que não o aprovaram, entre eles a Grã-Bretanha.

A UE é integrada por 27 países, 17 dos quais formam a Eurozona (que utiliza o euro como moeda única).

— 23 países aprovaram a “união de estabilidade orçamentária”: os 17 países da zona do euro (Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Malta, Portugal) e 6 países que não pertencem à Zona Euro (Bulgária, Dinamarca, Letônia, Lituânia, Polônia e Romênia).

— Dois países pediram mais tempo para se pronunciar a respeito:

– República Tcheca e Suécia.

— Dois países se recusaram a participar:

– Grã-Bretanha e Hungria

Continua após a publicidade

Publicidade