Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Ministra de Lula defende mais crédito para Norte e Nordeste

Ao lado de Esther Dweck, o presidente da Associação Brasileira de Desenvolvimento também defendeu o fortalecimento do Sistema Nacional de Fomento

Por Redação
Atualizado em 13 Maio 2024, 22h28 - Publicado em 30 ago 2023, 16h34

A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, participou nesta quarta de um evento em Brasília realizado pela Associação Brasileira de Desenvolvimento e defendeu o fortalecimento do Sistema Nacional de Fomento, principalmente nas regiões Norte e Nordeste. Com 5,1 trilhões em ativos, o SNF é uma rede de instituições financeiras públicas e privadas de todo o país que atuam regional e nacionalmente, financiando setores estratégicos da economia.

“O Brasil é um dos poucos países em desenvolvimento que têm um Sistema Nacional de Fomento consolidado e regionalizado, com instituições espalhadas por todo o país”, afirmou a ministra, durante o 8º Fórum de Desenvolvimento.

Presidente da ABDE e também da Financiadora de Estudos e Projetos, empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera disse no evento que tem conversado com governadores dos estados do Norte e Nordeste para fortalecerem o SNF nas regiões.

“O Sul e Sudeste aprenderam muito bem a trabalhar o Sistema Nacional de Fomento. Temos uma parte do Brasil que precisa usar melhor e com mais presença esse sistema”, declarou.

O SNF é formado por 34 instituições públicas de desenvolvimento associadas à ABDE — entre elas bancos públicos federais, bancos de desenvolvimento, agências de fomento, bancos comerciais estaduais, bancos cooperativos, além da Finep e do Sebrae — e responde por 96% do financiamento a municípios; 93% da carteira de crédito para o financiamento ao setor público; 86% de crédito para investimentos em infraestrutura; 81% do crédito rural brasileiro e 73% da carteira de crédito de financiamento com prazo superior a três anos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.