Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Comissão do Senado aprova projeto para conter preço do combustível e gás

Proposta cria o programa da estabilização do preço do petróleo e de derivados no Brasil

Por Gustavo Maia 7 dez 2021, 11h18

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou, nesta terça-feira, o projeto de lei que cria o programa da estabilização do preço do petróleo e de derivados no Brasil, que tem o objetivo conter o aumento dos preços de combustíveis e do gás de cozinha. O relatório da matéria foi do senador Jean Paulo Prates (PT-RN). O texto agora segue para o plenário da Casa.

A proposta cria diretrizes e referências para a política de preços de derivados, levando em consideração não apenas os preços internacionais, mas também os custos internos de produção,para refletir melhor a realidade local.

Além disso, o projeto prevê a criação de fontes adicionais de receitas para garantir o programa de estabilização, como dividendos da Petrobras devidos à União, impostos de exportação incidentes sobre o petróleo bruto e participações governamentais destinadas à União, resultantes tanto do regime de concessão quanto do regime de partilha de produção.

“O preço do combustível no Brasil hoje reflete este precário equilíbrio entre ‘preços de mercado’ da Petrobras e dos importadores, que desconsidera totalmente a realidade brasileira. O povo não aguenta mais tanto aumento no preço dos combustíveis e do gás de cozinha. Essa foi a solução possível que conseguimos”, disse o relator.

Continua após a publicidade

Publicidade