Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Venda da Braskem ganha mais importância em meio a cenário adverso

VEJA Mercado: venda se transforma em um dos poucos ativos para impulsionar papéis da companhia no curto prazo

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 24 out 2022, 13h16

A Braskem divulgou sua prévia operacional do terceiro trimestre de 2022 e alguns analistas avaliam que a venda das participações de Novonor e Petrobras na companhia ganhou ainda mais importância em meio a um cenário macro desafiador para a empresa. As vendas no Brasil ficaram estáveis na base anual, mas as exportações caíram 18%. Na Europa, as vendas recuaram 7% e, nos Estados Unidos, 18%. A desaceleração das economias em função das sucessivas altas de juros mundo afora e o risco cada vez maior de uma recessão a níveis globais impacta também o setor petroquímico.

Por outro lado, a venda da Braskem seria um dos únicos fatores a destravar os papéis da companhia no curto prazo. “Sinalizamos o forte fluxo de notícias sobre o processo de desinvestimento da Novonor e da Petrobras, o que pode ser o principal impulsionador no curto prazo ou até que os investidores tenham mais visibilidade sobre a decisão final”, avalia o UBS. “Acreditamos que os investidores continuam a ver sua potencial venda como um dos poucos gatilhos para as ações em meio ao difícil cenário macro”, diz o BTG Pactual. Por volta das 13h, as ações da Braskem recuavam 3,5%.

Siga o Radar Econômico no Twitter

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.