Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Ser Educacional: Cade aprova negócio que aumenta em 40% número de alunos

VEJA Mercado: acordo de R$ 280 milhões foi fechado em maio e aguardava chancela do órgão

Por Diego Gimenes Atualizado em 26 nov 2021, 15h43 - Publicado em 26 nov 2021, 08h00

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra da Fael pela Ser Educacional. A operação por 280 milhões de reais foi divulgada em maio pelos executivos e estava em análise pelo órgão desde então. Com a chancela, sem restrições, o grupo comandado pelo empresário Jânyo Diniz passa a ter, agora, aproximadamente 330 mil estudantes matriculados na rede, um ganho de cerca de 40% após o negócio. “É um ativo estratégico porque complementa a operação da Ser, majoritariamente nas regiões Norte e Nordeste. O processo de aval do Cade se alongou pois existiam sobreposições em algumas regiões, que foram devidamente esclarecidas ao órgão, o que permitiu uma aprovação sem restrições”, avalia Rodrigo Alves, diretor de RI da Ser Educacional.

A Fael é uma instituição de ensino superior digital com cerca de 90 mil alunos e com a maior parte dos polos localizada nas regiões Sul e Sudeste. Importante lembrar que o valor final da operação está sujeito a um ajuste de capital de giro e dívida líquida da Fael, assim como ao pagamento de um bônus de 17,5 milhões de reais condicionados à performance da companhia.

Publicidade