Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar Econômico

Por Pedro Gil Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

Indústria brasileira já não garante entrega de produtos para fim do ano

Três empresas que possuem na Black Friday e no Natal período mais lucrativo não estão dando conta da demanda

Por Machado da Costa Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 4 jun 2024, 15h06 - Publicado em 5 out 2020, 09h32

Devido às dificuldades de produção que a pandemia de Covid-19 levou às indústrias brasileiras, algumas empresas já não garantem mais entregar seus principais produtos até o fim do ano. Entre novembro e dezembro, duas datas concentram boa parte do lucro das empresas no segundo semestre: Black Friday e Natal.

Segundo varejistas, algumas importante empresas como Estrela (brinquedos) e Mondial (eletrodomésticos) não estão fornecendo mais datas para a entrega das encomendas. Já Tramontina (utensílios domésticos) está com atrasos significativos. Outros fornecedores também estão passando por dificuldades.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.