Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Econômico Por Victor Irajá (interino) Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich

Herdeiros da Sadia veem com bons olhos possível movimento da JBS sobre BRF

JBS estaria se movimentando para enfrentar seu maior concorrente, a Marfrig

Por Josette Goulart 14 jun 2021, 16h24

Membros das famílias Fontana e Furlan, herdeiros da Sadia que possuem uma participação relevante na BRF, não acharam nada ruim a notícia de que a JBS estaria se armando para enfrentar a Marfrig na BRF. O motivo é simples: as ações se valorizariam mesmo em meio aos problemas da empresa que a fizeram perder mais da metade do seu valor ao longo dos últimos anos. Além disso, não é de hoje que a família gostaria de ver Pedro Parente, o atual presidente da empresa, fora da gestão. Mas foram pegos de surpresa com a entrada da Marfrig, que comprou, entre outras, a participação da Previ. O então presidente da Previ, José Maurício Coelho, é muito próximo de Parente e o que se diz nos bastidores é que fez acordo com Marcos Molina, dono da Marfrig, para manter o executivo à frente das negócios. A Marfrig comprou tanta ação da BRF no mercado que já está com mais de 30% da empresa. 

O possível movimento da JBS, que seria coordenado pelo BTG Pactual,  é visto como uma reação de Joesley Batista à tacada de seu eterno concorrente Marcos Molina. A JBS não confirmou que estaria pensando em fazer algum movimento, como uma oferta pública de aquisição, mas tampouco negou que haja um movimento, o que deixou os investidores atentos.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)