Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Como uma conversa entre a Fiesp e a Febraban pode mexer com o seu bolso

Executivos se comprometeram a interpretar as razões para que o custo de crédito no Brasil seja tão elevado

Por Victor Irajá Atualizado em 17 mar 2022, 15h52 - Publicado em 17 mar 2022, 16h07

Os presidentes da Federação das Indústrias de São Paulo, a Fiesp, e da Federação Brasileira de Bancos, a Febraban, se reuniram essa semana na capital paulista para debater um assunto premente em relação à economia do país. Josué Alencar e Isaac Sidney encontraram um ponto de convergência ao situar a atual situação econômica do Brasil e se comprometeram a estudar os motivos para que o custo para a tomada de crédito por parte de consumidores e empresas seja tão elevado. Eles prometem unir as equipes técnicas para desenvolver um documento apontando as principais razões para que o custo do crédito no Brasil seja tão elevado — pauta, inclusive, fundamental para a indústria.

O presidente da Febraban argumenta, em conversas privadas, que, sob sua gestão, quer buscar uma maior aproximação com outros setores da economia em um momento de dificuldades para o país. Em paralelo, Josué Alencar procura aumentar sua penetração e tem sido procurado por representantes dos demais setores da economia, já que foi elevado a presidente da Fiesp há pouco tempo. Não há, ainda, uma definição sobre os ditames do documento articulado em conjunto, tampouco uma definição de datas para seu lançamento — mas algumas sinalizações já estão traçadas.

Ambos os presidentes conversaram a respeito da inadimplência como um dos principais entraves para reduzir as taxas contadas pelos bancos. A missão será encontrar soluções em conjunto para a mitigar a questão.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)