Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Victor Irajá
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

A reação do mercado ao novo plano de R$ 500 bilhões da Petrobras

VEJA Mercado: estatal anuncia previsão de investimentos para os próximos cinco anos e deve voltar a investir no setor petroquímico e em fertilizantes

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
24 nov 2023, 12h31

A Petrobras anunciou na noite da última quinta-feira, 23, o tão esperado plano de investimentos para os próximos cinco anos. A alta cúpula do governo Lula se reuniu algumas vezes ao longo da semana para discutir o tema. A estatal vai investir 102 bilhões de dólares entre os anos de 2024 e 2028, o equivalente a 500 bilhões de reais. A cifra é 31% maior em relação ao plano vigente. A Petrobras promete voltar a investir em fábricas de fertilizantes e no setor petroquímico, abrindo margem para novas aquisições em ambos setores. Cerca de 70% do total de investimentos será destinado à exploração e produção de petróleo, sendo que 3 bilhões para exploração na Margem Equatorial, na costa do Amapá.

A avaliação de alguns analistas é que o plano está dentro do que era esperado e já prometido pela nova gestão. A cifra de 102 bilhões de dólares ficou no limite superior da projeção média dos analistas. Ainda assim, a atual política de dividendos extraordinários pode ficar em segundo plano nos próximos anos.

“Acreditamos que os investidores fundamentalistas e de longo prazo poderão acolher com satisfação a clara orientação para o investimento total, incluindo uma estimativa para as iniciativas ainda imaturas”, escrevem os analistas do Itaú BBA em relatório enviado a clientes. “Por outro lado, reconhecemos que pode haver alguma frustração em relação aos números de produção mais baixos e os modestos dividendos extraordinários implícitos, especialmente entre investidores de curto prazo”, concluem. Por volta do meio-dia desta sexta-feira, 24, as ações da Petrobras eram negociadas em queda de 0,5%.

Siga o Radar Econômico no Twitter

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.