Clique e assine a partir de 9,90/mês

Temer: ‘Qualquer fatorzinho abala as instituições’

Sem mencionar a queda de ministros, presidente afirmou que instabilidades assustam os investidores e "não podem ser levadas a sério"

Por Da redação - Atualizado em 29 Nov 2016, 00h20 - Publicado em 29 Nov 2016, 00h17

Depois de ver o seu governo envolvido em um escândalo que resultou na saída de dois ministros, o presidente Michel Temer afirmou nesta segunda-feira que “qualquer fatorzinho” pode criar instabilidade e espantar investidores. Em discurso diante de empresários em Brasília, Temer afirmou também que, na opinião dele, a falta de “instituições muito sólidas” no país contribui para essa insegurança.

“De vez em quando há uma certa instabilidade institucional, um fato ou outro. E como nós não temos instituições muito sólidas, qualquer fatozinho, me permita a expressão, ela abala as instituições e o investidor fica um pouco assustado”, disse o peemedebista.

Instabilidades passageiras

Temer não citou diretamente a demissão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, mas afirmou que as instabilidades têm fim e não podem ser levadas tão a sério. “Essas instabilidades são passageiras e não podem ser levadas a sério. Levado a sério tem que ser o país”, reforçou. “Eu peço a compreensão da ideia de que os senhores podem investir porque o Estado brasileiro não os decepcionará. Nós vamos crescer”, completou o presidente.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade