Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Novo presidente do BNDES demite dois diretores

Carlos Costa e Marilene Ramos foram dispensados, embora, publicamente, o banco dirá que eles saíram por iniciativa própria

Dyogo Oliveira chegou ao BNDES mexendo no xadrez da cúpula do banco, como era previsto.

Ele demitiu há pouco os diretores Carlos Costa, que comandava o setor de Comércio Exterior e Fundos Garantidores, e  Marilene Ramos, responsável pela área de Infraestrutura e Sustentabilidade.

Carlos da Costa passou de cotado a cortado. Até o mês passado, ele vinha trabalhando para assumir a presidência do BNDES após a saída de Paulo Rabello de Castro. Além de não chegar aonde planejava, caiu da cadeira que ocupava.

Para além das paredes do RH, está sendo construído o discurso de que Costa e Marilene deixaram a instituição por iniciativas próprias, uma saída honrosa comumente concedida a quem perde o emprego no poder público.

Nos próximos dias, Dyogo Oliveira deverá anunciar a chegada de um homem de confiança, Marcos Ferrari, secretário de Planejamento e Assuntos Econômicos do Ministério do Planejamento, comandado por Oliveira até outro dia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s