Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Na contramão da América Latina, Brasil aumenta fusões e aquisições

País concentrou 63,4% de todas as operações da região no terceiro trimestre.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 30 nov 2020, 09h05 - Publicado em 1 dez 2020, 10h32

O Brasil puxou para cima a recuperação das atividades de fusões e aquisições na América Latina no terceiro trimestre, segundo relatório da consultoria Duff & Phelps. O país foi responsável por 63,4% de todos os negócios realizados na região.

As operações tupiniquins somaram 20,2 bilhões de dólares, o que representou 78,2% de todo o montante de transações na região durante o período. Na sequência, o Chile movimentou 1,5 bilhão, o Peru, 1 bilhão, e a Argentina, 830 milhões de dólares.

Publicidade