Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Fintech do setor de energia solar recebe aporte milionário

Em apenas três meses, Edmond faturou 60 milhões de reais.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 25 jan 2021, 11h17 - Publicado em 25 jan 2021, 12h32

Dados da Associação Brasileira de Energia Solar mostram que o setor atraiu mais de 13 bilhões de reais em investimentos somente no ano passado, 52% a mais do que em 2019. Em plena pandemia, o segmento foi responsável pela geração de 86.000 novos postos de trabalho. Como o Radar mostrou na semana passada, o uso de energia no Brasil subiu quase 20% em 2019.

Quem está aproveitando as boas novas do setor é a fintech Edmond, que oferece uma conta digital para integradores e instaladores que atuam nesse mercado. A empresa recebeu um aporte de 40 milhões de reais e lançou a plataforma gratuita APPSolar, para auxiliar os profissionais a comercializarem equipamentos e elaborarem projetos.

O resultado foi imediato: em menos de três meses de fundação, a Edmond conquistou um faturamento de 60 milhões de reais. Agora, a previsão é movimentar 1 bilhão de reais em um ano e meio na venda de equipamentos e transações nas contas digitais.

Publicidade