Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Fintech de crédito digital vê procura disparar na pandemia

Foram R$ 2,8 bilhões em solicitações de crédito apenas em 2020, contra R$ 1,7 bilhão em todo o ano de 2019.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 16 jun 2020, 12h19 - Publicado em 16 jun 2020, 16h32

A busca por crédito com garantia imobiliária tem crescido neste ano, indicam os dados da Pontte, fintech de crédito digital especializada em home equity. Apenas nos primeiros cinco meses de 2020, o número de simulações em sua plataforma foi 60% superior aos oito meses de 2019 (maio a dezembro). Já na comparação entre o primeiro trimestre de 2020 com o último trimestre de 2019, o aumento foi de 106%. O valor médio de solicitação é de R$ 440 mil.

Em termos de volume, foram 2,8 bilhões de solicitações de crédito apenas em 2020, contra um total de 1,7 bilhão em todo o ano de 2019. Dessa forma, a empresa estima emprestar cerca de R$ 400 milhões ao longo deste ano.

A fintech atende tanto empresas quanto pessoas físicas e possui dois produtos: financiamento de imóvel e home equity, modalidade de empréstimo com garantia imobiliária. Dessa forma, o usuário pode solicitar crédito de até 50% do valor do imóvel oferecido e com taxas bem mais baixas.

“Percebemos que a principal dor dos nossos clientes era a insegurança com o futuro. Assim, criamos um produto que é flexível desde o início, permitindo que as pessoas ajustem as parcelas de acordo com suas necessidades”, explica Marcelo Lubliner, CEO da Pontte. A fintech foi fundada em 2019 e tem como principal investidor a Mauá Capital.

Continua após a publicidade
Publicidade