Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Empresas de cinema conseguem socorro financeiro de R$ 125 mi no BNDES

Como contrapartida ao financiamento, as empresas não poderão efetuar demissões durante dois meses

Por Robson Bonin Atualizado em 2 out 2020, 17h20 - Publicado em 3 out 2020, 16h13

O BNDES liberou recentemente 125 milhões de reais em linhas de crédito do Fundo Setorial do Audiovisual a seis empresas de cinema.

O apoio emergencial vai bancar salários de 2.300 funcionários e o pagamento de mais de 600 fornecedores.

As redes de cinema que receberam o socorro possuem salas de exibição de filmes em 69 cidades brasileiras.

Como contrapartida ao financiamento, as empresas não poderão efetuar demissões durante dois meses.

O apoio financeiro conta ainda com um incentivo à manutenção do emprego nos próximos 12 meses, por meio de redução das taxas de financiamento em até 88% para as empresas que preservarem seu quadro de funcionários.

Continua após a publicidade
Publicidade