Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Emissoras da família Quércia sob nova administração em agosto

Novos proprietários já buscam no mercado um nome de peso no jornalismo para comandar as emissoras

Por Robson Bonin Atualizado em 6 jul 2020, 17h46 - Publicado em 6 jul 2020, 16h45

A família Quércia acaba de se desfazer de um braço importante da gigantesco patrimônio deixado pelo ex-governador de São Paulo.

Alaíde Quércia vendeu a operação de comunicação da família, que envolvia uma rede de emissoras de rádio e de TV — NovaBrasil FM, Nova FM e Rádio Central, TVB Campinas e TVB Litoral, entre outras.

Em 2013, quando a família começou a brigar na justiça pela divisão do patrimônio, só uma retransmissora da Record em Campinas e a afiliada da Band em Santos quase 100 milhões de reais. Fontes envolvidas no negócio não abrem, porém, o valor real pago no negócio, que seria bem abaixo disso.

Os novos proprietários já buscam no mercado um nome de peso no jornalismo para comandar as emissoras.

A família também é dona do Octavio Café, localizado num cobiçado terreno de 1.600 metros quadrados na Avenida Faria Lima, em São Paulo, e do Novotel Jaraguá, no centro da capital paulista. Ambos estariam na fila para liquidação.

O braço agropecuário dos negócios da família, no entanto, será preservado.

Continua após a publicidade
Publicidade