Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Corretores de seguros conseguem renovar apólices mesmo na crise

Fatores como a flexibilização dos preços e das formas de pagamento explicam desempenho positivo

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 1 jun 2020, 13h30 - Publicado em 1 jun 2020, 11h32

Uma sondagem da Som.us, consultoria de seguros do grupo do C6 Bank, mostrou que 57,3% dos corretores de seguros têm conseguido manter apólices de seus clientes, mesmo com alguma dificuldade, em meio à pandemia. A pesquisa ouviu 931 profissionais do segmento na semana passada.

O responsável pela área de seguros do banco, Fabio Basilone, diz que o setor vem resistindo à crise. Fatores como a flexibilização dos preços e das formas de pagamento, além do aumento da procura por modalidades como seguros de vida, ajudam a explicar o desempenho positivo. Mas, apesar da resiliência do segmento, 30% dos corretores de seguros ouvidos relatam aumento da inadimplência.

ASSINE VEJA

As consequências da imagem manchada do Brasil no exterior O isolamento do país aos olhos do mundo, o chefe do serviço paralelo de informação de Bolsonaro e mais. Leia nesta edição
Clique e Assine

O C6 Bank é um banco múltiplo para pessoas físicas e jurídicas. Sem agências físicas, o C6 Bank oferece produtos financeiros acessíveis para todos os perfis de clientes. O banco não cobra taxas por produtos básicos, como manutenção de conta corrente, saques e transferências. Com sede em São Paulo, o grupo tem cerca de 1.000 funcionários. Em fevereiro de 2020, o C6 Bank atingiu a marca de 1,5 milhão de contas abertas.

Publicidade