Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Comércio online deve representar metade das vendas da varejista Le Biscuit

Rede baiana investiu R$ 25 milhões na abertura do comércio online e ampliação do Centro de Distribuição em Camaçari

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 4 Jun 2020, 17h46 - Publicado em 4 Jun 2020, 16h32

A aposta que a Le Biscuit fez no comércio eletrônico já estava definida bem antes da pandemia, mas se mostrou a mais acertada com a chegada dela. Uma das maiores redes de varejo do país, com forte presença no Nordeste, a Le Biscuit decidiu investir R$ 25 milhões em uma nova plataforma de e-commerce exatamente porque acredita que o caminho para a conquista dos consumidores se dá hoje pela internet.

A expectativa do CEO David Lee é que o comércio digital responda por mais da metade de todas as vendas da empresa. E olha que a Le Biscuit conta com 140 lojas de departamentos em 14 Estados brasileiros.

Publicidade