Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bloomberg: ‘Desiludidos, economistas repensam futuro do Brasil’

Agência destaca contração do PIB brasileiro

Por Ernesto Neves 29 Maio 2019, 18h32

A agência de notícias Bloomberg publicou nesta quarta (29) uma matéria sobre o crescente pessimismo em relação à economia brasileira.

De acordo com a Bloomberg, os economistas que se dedicam ao Brasil estão “desiludidos” e repensam as projeções de recuperação feitas durante a eleição de Jair Bolsonaro.

“A euforia inicial do mercado colidiu com a realidade de inexperiência de Bolsonaro em negociar com um Congresso fraturado. E a reforma previdenciária, inicialmente esperada para o início do ano, deve ficar para agosto, no melhor cenário possível”, diz a reportagem.

“Com a previsão de retração na maior economia da América Latina, os economistas estão revisando seus modelos para descobrir como a recuperação brasileira os iludiu pelo terceiro ano consecutivo”, escreve a agência. 

“Se confirmado, será a primeira contração trimestral desde que a recessão terminou, em 2016, e o ​​terceiro ano de crescimento decepcionante”. 

Continua após a publicidade
Publicidade