Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Aeroporto de Brasília barra diesel e terá sistema energético sustentável

Nova tecnologia desenvolvida pela Engie permite uma redução de emissões de gases do efeito estufa

Por Mariana Muniz Atualizado em 3 Maio 2021, 14h42 - Publicado em 3 Maio 2021, 16h30

O Aeroporto de Brasília, operado pela Inframérica, conta agora com um sistema sustentável para manter o funcionamento da parte elétrica e do ar condicionado das aeronaves em solo. A nova tecnologia substitui os aparelhos movidos a diesel.

O projeto foi desenvolvido pela Engie, que concluiu a instalação do sistema já em funcionamento em 22 pontes de embarque do terminal brasiliense. É uma solução inédita no país.

A nova tecnologia permite uma redução significativa de emissões de gases do efeito estufa – estimada em cerca de 20 mil toneladas de CO2 por ano, o equivalente ao plantio de mais de 120 mil árvores. O sistema também ajuda a economizar querosene de aviação – de alto custo alto para as companhias aéreas.

Publicidade