Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Sob pressão, Tarcísio deve inaugurar obra da Santos Brasil

Empresa investiu 450 milhões de reais em expansão de terminal de contêineres, mas está de olho no destino da STS10

Por Josette Goulart 24 nov 2021, 09h56

A Santos Brasil inaugura na sexta-feira, 26, a extensão do seu terminal de contêineres no porto de Santos. A empresa investiu 450 milhões de reais na obra e aguarda o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para a inauguração. O ministro confirmou a agenda, mas anda sob pressão quando o assunto é o porto de Santos. Todos que operam na região estão de olho no destino do terminal STS10, que deverá ser licitado pelo governo federal e se transformará no maior terminal de contêineres do porto. Se o governo permitir a verticalização, uma das maiores concorrentes, a BTP, pode acabar ficando com a área, que fica ao lado do terminal onde já opera e distante da Santos Brasil, por exemplo. Como a BTP pertence aos maiores transportadores internacionais, Maersk e MSC, existe uma apreensão generalizada com o poder da concorrência. O Cade, inclusive, foi acionado pela Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegários e abriu uma investigação para apurar supostas práticas anticompetitivas por Maersk e MSC na BTP. Algumas empresas de fertilizantes, que hoje usam o terminal, também pressionam.

Publicidade