Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças

Para voltar à mesa, Vale eleva valor da proposta por Brumadinho

Governo mineiro tinha encerrado negociações, mas aceitou retomá-las; agora, acordo com a mineradora está mais próximo

Por Machado da Costa Atualizado em 29 jan 2021, 17h22 - Publicado em 29 jan 2021, 17h21

A Vale entregou uma terceira proposta, com valores substancialmente maiores, para encerrar o processo originado pelo rompimento da barragem de Brumadinho (MG). O governo de Minas Gerais pede 54 bilhões de reais à mineradora.

Em novembro, a companhia ofereceu originalmente 16,45 bilhões de reais em um conjunto de medidas de reparação econômica e social, além de aproximadamente outros 5 bilhões de reais gastos que já estão sendo gastos na recuperação ambiental e na indenização das vítimas. Agora, nesta nova proposta, a Vale elevou esse valor para cerca de 33 bilhões de reais. Com as despesas de recuperação ambiental e indenizações, a oferta se aproxima de 40 bilhões de reais.

O tamanho da oferta levou o governo de Minas Gerais de volta à mesa de negociação, pois o valor já estaria acima do limite mínimo aceitável pelas autoridades mineiras. Na semana passada, quando uma segunda oferta da Vale foi rejeitada, ela já alcançava 30 bilhões de reais. Assim, as conversas foram estendidas por mais 15 dias. Um acordo está mais próximo.

+ Siga o Radar Econômico no Twitter

Continua após a publicidade
Publicidade