Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

O ganha e perde do milhão na estreia da Getnet na bolsa

VEJA Mercado: ações units da empresa de maquininhas do Santander chegaram a dobrar de valor durante o pregão

Por Diego Gimenes 18 out 2021, 19h35

A Getnet dispensou o IPO e fez uma abertura direta na bolsa, fazendo uma cisão com seu dono, o Santander.  Os papéis estrearam nesta segunda-feira, 18, e o resultado foi um sobe e desce devastador, ou alucinante, depende do ponto de vista. Tanto as ações ordinárias quanto as preferenciais, além das units, que são compostas por um número de ações ordinárias e preferenciais, fecharam o dia em altas expressivas e durante o pregão proporcionaram uma montanha-russa aos investidores. As units, que servem de referência para o mercado, subiram 63% no dia, a 7,72 reais, mas chegaram a negociar em uma alta de 100% durante o pregão. Foram 24,6 milhões de reais negociados durante a sessão. As ações ordinárias chegaram a disparar 464% na máxima do pregão, e fecharam em alta 142%, a 5,40 reais a ação. As preferenciais, por sua vez, saltaram 349% ao longo do dia e fecharam a 4,97 reais por ação, uma alta de 95%.

Segundo os analistas, essa grande valorização aconteceu porque a Getnet não realizou um IPO tradicional, em que a precificação é decidida após uma análise de bancos e corretoras, mas, sim, a partir de uma cisão com o Santander, com base no patrimônio líquido contábil da empresa. Esse cálculo não representa o valor justo de mercado da empresa, e as ações disparam logo após entrarem em negociação. “Além da precificação abaixo do que o ativo realmente vale, a volatilidade se justifica por uma certa euforia combinada com uma falta de consenso sobre o médio/longo prazo da empresa”, avalia Carlos Macedo, analista da Ohmresearch. O que se sabe mesmo é que teve investidor que pode ter saído milionário da operação, ou perdido muita grana nela, e que ainda é cedo para dizer se o investidor gosta ou não de Getnet.

Publicidade