Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

O clima no Senado é o de matar a reforma do Imposto de Renda de Guedes

Projeto proposto por Paulo Guedes mal começou a tramitar na Câmara

Por Josette Goulart Atualizado em 12 jul 2021, 13h53 - Publicado em 12 jul 2021, 13h48

A reforma do Imposto de Renda mal começou a tramitar na Câmara dos Deputados e o clima que anda pelo Senado já é o de matar o que chegar, se chegar, da Câmara, segundo fontes próximas ao presidente da casa, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Os senadores não querem cair na cilada de chancelar uma reforma eleitoreira para Bolsonaro, que tem por objetivo arrecadar mais para distribuir Bolsa Família para a grande base de eleitores do Nordeste. Além disso, a proposta do ministro Paulo Guedes desagradou em cheio os setores produtivos e o mercado financeiro. A reforma propõe a taxação de dividendos, mas sem reduzir na mesma proporção o imposto para as empresas. Além disso, os fundos exclusivos também passariam a ter que recolher imposto anualmente. O próprio ministro Paulo Guedes, diante da saraivada de críticas, tem recuado sistematicamente do que propôs ao Congresso.

Publicidade