Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Notícia sobre Josué e Lula causa expulsão em grupo de WhatsApp de Skaf

Diretor do Ciesp, candidato em chapa de oposição, diz que só queria causar reflexão ao compartilhar notícia de aproximação entre ex-presidente e empresário

Por Josette Goulart 11 Maio 2021, 11h57

O diretor do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), em Bauru, Gino Paulucci Jr., disse que queria apenas causar uma reflexão ao enviar no grupo de WhatsApp da direção da entidade, que é liderada por Paulo Skaf, uma notícia de março do site O Antagonista que falava da proximidade entre o empresário Josué Gomes da Silva e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Um futuro presidente da Fiesp que tem pretensões políticas, não tem foco na entidade”, disse Paulucci. “Mas eu somente enviei a notícia, não fiz nenhum comentário e fui expulso do grupo”. O grupo foi criado há anos e por meio dele a direção do Ciesp troca informações, inclusive oficiais, segundo Paulucci.

Josué Gomes da Silva, da Coteminas, é candidato a presidente da Fiesp em chapa única apoiada por Paulo Skaf e também candidato a vice-presidente para o Ciesp. O empresário é filho do ex-vice-presidente do governo Lula, José de Alencar. Neste ano, as eleições para o sistema Fiesp/Ciesp vão eleger diferentes presidentes. Durante 14 anos, Paulo Skaf foi presidente das duas entidades. As eleições no Ciesp estão mais acirradas já que contam com duas chapas concorrentes. Paulucci faz parte da chapa de oposição, que é encabeçada por José Ricardo Roriz Coelho. Roriz foi presidente-interino da Fiesp quando Paulo Skaf foi se dedicar às eleições para governador, em 2018. A assessoria de imprensa disse que as informações privadas trocadas pelo presidente e diretoria não é da sua alçada.

Publicidade