Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Mundo bate recorde de bilionários e Brasil tem 65 nomes na lista da Forbes

Brasil tem 44% mais bilionários do que no ano passado e está em sétimo lugar no ranking de países da Forbes

Por Josette Goulart Atualizado em 6 abr 2021, 21h24 - Publicado em 6 abr 2021, 11h09

A despeito da pandemia do coronavírus, que castigou as economias pelo mundo afora, a Forbes registrou um número recorde de bilionários em sua lista anual com o ranking dos países. Os dados divulgados nesta terça-feira, 06, dão conta de que o mundo tem hoje 2.755 espalhados em 70 países. Metade deles são chineses. A lista mostra que  40 novos bilionários vieram do setor de saúde. Nomes como Stéphane Bencel, da Moderna, ou Ugur Sahin, da Biontech, parceira da Pfizer na vacina contra a Covid-19, agora figuram entre o bilionários do mundo. Jeff Bezos, dono da Amazon, ainda está no topo com um patrimônio de 177 bilhões de dólares. 

No Brasil, o número de nomes na lista aumentou 44%. Eram 45 bilionários em 2020 e agora são 65, com um patrimônio total de 212 bilhões de dólares. O primeiro da lista brasileira é Jorge Paulo Lemann e família com 16,9 bilhões de dólares. A lista com os nomes dos brasileiros traz novos nomes vindos das fintechs como David Velez, do Nubank, André Street, da Stone. Outro novo nome na lista é de Guilherme Benchimol, da XP. 

Publicidade