Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Mais um capítulo na guerra do lixo em João Pessoa

Prefeitura faz contratação emergencial, sem licitação, de duas empresas por 37 milhões de reais

Por Josette Goulart 20 abr 2021, 09h22

A briga entre as empresas contratadas em licitação para fazer limpeza urbana e a prefeitura de João Pessoa, em plena pandemia, segue acirrada. O prefeito Cícero Lucena (PP) encerrou unilateralmente os contratos com a BetaAmbiental, Limpmax e Limpebras. Na sexta-feira, a prefeitura fez uma contratação emergencial de duas empresas: a Libano, da baixada fluminense, e a SP Soluções Ambientais. Ou seja, sem licitação. Vai pagar às empresas 37 milhões de reais em seis meses para o recolhimento do lixo da cidade. 

No mesmo dia, o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba havia ordenado que os contratos que tinham sido rescindidos voltassem a valer. O superintendente da autarquia de limpeza do município (Emlur), Ricardo Veloso, diz que a prefeitura foi notificada ontem e já entrou com as explicações ao Tribunal. Ele diz que as empresas não cumpriram pontos do edital de licitação e tinham sido notificadas nos últimos dias da gestão anterior. Além disso, o superintendente diz que o contrato emergencial será uma economia para os cofres públicos já que pelos contratos com as empresas que venceram a licitação haveria um reajuste neste ano de 26%.

Uma das empresas contratadas sem licitação tem atuação questionada no Rio de Janeiro. Uma das sócias é Monica Lima Barbosa – que seria esposa do empresário Fernando Trabach, conhecido como “Fantasma” – e Jaks Trabach Gomes, que foram alvos de operações policiais e do Ministério Público do Rio de Janeiro por corrupção e lavagem de dinheiro. Sobre as investigações dos sócios da Libano, Veloso da Emlur diz : “não tenho como conhecer a vida de todos os empresários do país. As empresas com contratos rescindidos também são investigadas”. 

Publicidade