Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Lide-RS, do Grupo Doria, critica medidas de restrição do próprio Doria

Entidades criticam fechamento do comércio

Por Carlos Valim, Josette Goulart 14 Maio 2021, 14h43

Em anúncio de duas páginas publicado nesta sexta-feira, 14, nos maiores jornais impressos do país, um conjunto de 100 entidades faz severas críticas às medidas de Estados e municípios para fechamento do comércio. As críticas passam pela cobrança de impostos do comércio mesmo com as portas fechadas, atividades não essenciais que permaneceram abertas e o fechamento de hospitais de campanha no ano passado. “Meio aberto e meio quebrado! É necessário  acabar com esse ‘abre e fecha’ insustentável para qualquer atividade. Milhões de pessoas perderam seu trabalho”, diz o anúncio. Entre as 100 entidades que assinam o manifesto, chama a atenção o nome do Lide Rio Grande do Sul, plataforma de líderes empresariais que faz parte do Grupo Doria. Tanto os governos do Rio Grande do Sul, do governador Eduardo Leite, quanto o de São Paulo, de Joao Doria, adotaram medidas de restrição no comércio para conter a proliferação da pandemia.

Publicidade