Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Itapema entra na briga com Camboriú pelos arranha-céus de milionários

Região está começando a ganhar cara de uma pequena Dubai brasileira

Por Josette Goulart Atualizado em 1 set 2021, 09h45 - Publicado em 1 set 2021, 10h00

Os prédios mais altos do Brasil estão todos sendo construídos em um trecho da faixa de área do litoral catarinense, que aos poucos está se tornando uma espécie de Dubai brasileira. Já são 5 os empreendimentos em Balneário Camboriú e agora a vizinha Itapema também vai entrar na disputa. A construtora EMBRAED está lançando o L’Atelier Concept Home, um prédio de 200 metros de altura, a 100 metros da praia, com 61 andares, garagem com ponto para abastecer carro elétrico. Na média, cada apartamento custará 3,6 milhões de reais. A cobertura vai custar 13,3 milhões de reais. Enquanto isso, em Camboriú, a construção mais avançada é a do edifício Yatchhouse, cuja cobertura pertence ao jogador Neymar. Mas  prédio do Neymar será superado pelo  One Tower, que será o maior da América Latina com 290 metros de altura.

Rodrigo Otávio Ramos, que é corretor de imóveis de luxo na região pela Salute, diz que a procura por imóveis nos arranha-céus da região é muito grande. Os clientes vêm principalmente dos empresários do agronegócio de Mato Grosso do Sul e empresários de São Paulo. Ramos explica ainda que todos os arranha-céus precisam ser construídos de forma que não façam sombra na praia. Nesta semana, a expansão da faixa de areia em Camboriú pela prefeitura virou polêmica nas redes sociais, já que a praia é conhecida por nã ter mais espaço na areia e pela sombra dos prédios da região.

Publicidade