Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Depois de Anitta e Taís Araújo, agora é a vez de Gisele Bündchen

Supermodelo será acionista e membro do Comitê de Sustentabilidade da empresa brasileira Ambipar

Por Josette Goulart Atualizado em 27 jul 2021, 10h25 - Publicado em 27 jul 2021, 08h38

Depois de Anitta estrear como acionista e conselheira no Nubank, Taís Araújo virar embaixadora do Banco Votorantim (BV), agora é a vez de Gisele Bündchen estrear como acionista de uma empresa brasileira. A Ambipar, uma empresa de gestão ambiental, anunciou na noite desta segunda-feira, 26, que Gisele será acionista da empresa e membro do Comitê de Sustentabilidade. Este é o marketing com celebridades em um novo patamar. A participação da Gisele na Ambipar é conhecida como uma modalidade de  investimento chamada “media for equity”, em que a modelo troca sua imagem por ações. “Gisele também atuará na promoção da imagem institucional da marca Ambipar e de seus produtos e serviços, especialmente nos pilares ESG”, diz o comunicado da empresa.

+ A selvageria do bitcoin não intimidou Gisele Bündchen, nem a Formula 1

 

Publicidade