Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Com 15 milhões de clientes, Neon quer engajar classes C e D nas redes

Fintech tem baixa audiência em seu aplicativo e lança campanha para ensinar o público a usar aplicativo para fazer Pix ou pagar boleto

Por Josette Goulart 24 set 2021, 12h43

A fintech Neon fará sua primeira campanha de marketing de maior visibilidade e vai usar os influenciadores de redes sociais para tentar conversar com o público C e D, que é o foco da fintech. Junto com a agência Spark, escolheu  influenciadores que circulam em diferentes comunidades. A empresa já tem 15 milhões de clientes, mas a audiência do seu aplicativo ainda é baixa comparada com concorrentes como C6 ou Inter. Uma pesquisa feita pelo fundo Atlantico mostra que desde dezembro de 2019, a Neon perdeu engajamento em seu aplicativo se comparado com outras instituições financeiras. Com a campanha nas redes sociais, a ideia é usar os influenciadores para ensinar esse público a usar os produtos financeiros pelo aplicativo, seja um Pix ou um pagamento de boleto.

Entre os influenciadores escolhidos estão o ator Jonathan Azevedo, o youtuber Spartakus Santiago, a estilista Juliana Santos e a youtuber Preta Araújo. A marca também se uniu à Digital Favela, uma iniciativa que reúne micro influenciadores comunitários.

Em setembro do ano passado, a Neon recebeu um aporte de cerca de 1,5 bilhão de reais em uma rodada de investimentos liderada pelo General Atlantic.

Publicidade