Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Banco relata supervazamento de chaves Pix

Banco de Sergipe diz que 395 mil chaves foram acessadas

Por Josette Goulart Atualizado em 30 set 2021, 19h18 - Publicado em 30 set 2021, 19h00

O Banco do Estado de Sergipe (Banese) comunicou que detectou o que chamou de “consultas indevidas” a dados relacionados de mais de 395 mil chaves Pix registradas em números de telefones e de não-clientes do banco. A instituição diz que suspeita que o acesso foi feito por meio de uma engenharia social que usou duas contas bancárias de clientes para acessar as chaves dos não-clientes. A quantidade de chaves é significativa dado que o banco não possui nem um milhão de clientes. Já o Banco Central disse que houve um vazamento de dados de chaves Pix que estavam sob a responsabilidade do banco, por conta de falhas pontuais da instituição.  De qualquer forma, o BC informa que dados como senhas, saldos ou outras informações sob sigilo bancário ficaram preservados.

Publicidade