Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Econômico Por Josette Goulart Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes.

Almirante da Anvisa é parte da ala militar ‘mais Brasil, menos presidente’

Barra Torres surpreendeu senadores ao ter uma postura crítica ao presidente Jair Bolsonaro

Por Josette Goulart Atualizado em 11 Maio 2021, 20h21 - Publicado em 11 Maio 2021, 19h33

O almirante da reserva Antonio Barra Torres, presidente da Anvisa, surpreendeu senadores com sua postura critica ao presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira, 11, na CPI da Covid. Mas não surpreendeu nem um pouco seus amigos militares. Barra Torres faz parte de uma ala militar que já apoiou Bolsonaro, mas que ultimamente tem seguido um novo slogan: “mais Brasil, menos presidente”. Essa ala começou a ganhar forma depois que Bolsonaro demitiu abruptamente o general Fernando Azevedo e Silva do Ministério da Defesa e todo o comando da Forças Armadas. O movimento fez emergir a tremenda insatisfação, que já vinha sendo sentida por militares da ativa e da reserva desde o ano passado.

Na CPI, Torres foi bastante direto ao criticar o presidente Jair Bolsonaro, que promove frequentes aglomerações e não usa máscaras. Além disso, o presidente da Anvisa disse que houve uma tentativa de se alterar a bula da cloroquina, com o objetivo de ampliar o uso do medicamento, ao que a agência se opôs.

Publicidade